(11) 94549 - 9321
    (31) 97554 - 0000
   Entre em contato
Tratamento para Dor no Joelho sem Cirurgia
 
 
 - As principais de dores no joelho podem ser causadas por condições 
    - a) agudos (recentes) : relacionados aos traumas (acidentes), como aqueles que acontecem relacionados à prática de esportes; ou
     - b) crônicas (antigas) : relacionadas a desgastes e envelhecimento ou perda de resistência dos tecidos.
 
O joelho é uma região complexa do corpo, formado por 4 ossos
 - fêmur (osso da coxa)
- tíbia (osso grande da parte dentral canela)
- fíbula (osso fino da lateral da canela), e 
- patela (osso da parte da frente)
 
Durante o movimento, esses ossos movimentam-se entre si, devido à contração e relaxamento dos músculos da coxa e da perna, como o quadríceps na parte da frente, e os flexores na parte de trás do corpo, desde o quadril até a perna.
 
Além dos músculos, o joelho é formado por diversas outras estruturas, como tendões, ligamentos, meniscos e cartilagem. O joelho possui ainda estruturas nervosas e vasculares, responsáveis pela força, sensibildiade e irrigação sanguínea. 
 
Tipos de lesões
Os principais tipos de lesões dos joelhos afetam os meniscos, ligamentos e a cartilagem, 
É muto coumum também a presença de tendinites e bursites, que são inflamações relacionadas ao enfraquecimento dos músculos, ou de sua sobrecarga por tempo prolongado.
 
Opções de Tratamentos
 
Para se obter sucesso em um tratamento para dor nos joelhos é necessário realizar antes de mais nada o diagnóstico correto do problema que está causando os sintomas. O início precipitado de um tratamento sem a definição correta das causas que levaram às queixas do paciente é uma das principais causas de falha terapêutica.
 
Os tratamentos devem sempre que possível, seguir uma sequencia que obedeça a ordem de iniciar com o menos agressivo, menos arriscado, menos invasivo; e ir progredindo paulatinamente até que se obtenha o resultado desejado.
 
Os critérios para indicação de cirurgias, por exmeplo, estão sendo cada vez mais questionados; uma vez que sintomas como dor podem ser controlados por meios menos agressivos e com resultados que podem até mesmo tornar a cirurgia desnecessária.
 
As estratégias para alívio dos sintomas podem incluir o uso de gelo e produtos - como gel, pomada, adesivo - sobre a pele do joelho afetado; medicamentos por via oral ou ainda a utilização de suplementos alimentares, vitaminas, e até mesmo hormônios, dependendo do caso.
 
Entre os possíveis tratamentos minimamente invasivos (sem a necessidade de cirurgias) destacam-se - entre outras opções - as infiltrações; tratamento por ondas de choque; bloqueios; técnicas biológicas de medicina regenerativa.
 
Para maiores informações, entre em contato com nossa equipe
 
 
 
 
 
 
 
 
Belo Horizonte
 
  (31) 97554-0000
  (31) 3654 - 2262
  Alameda Oscar Niemeyer, 1033, Sl 620, Edifício Atlanta II. Portarias 3 e 4 - Bairro Vila da Serra, Belo Horizonte - MG
São Paulo
 
  (11) 94549 - 9321
  (11) 3230 - 5295
  Av. Angélica, 2491 - Higienópolis
  Rua Domingos de Morais, 2781 - Vila Mariana
  Rua Joaquim Floriano, 413 - Itaim Bibi
  Rua dos Macunis 474 - Alto de Pinheiros
  Av. Rebouças, 3377, Jardins - São Paulo - SP
<
Home   •   Topo   •   Sitemap
© Todos os direitos reservados.